Equipamentos de proteção para motoqueiro: Veja 5 itens indispensáveis!

Veja 5 equipamentos indispensáveis para os motoqueiros

Andar de moto é sinônimo de liberdade, ventinho no rosto e maior flexibilidade.

Entretanto, significa assumir um risco maior. Afinal, estar sobre duas rodas expõe o motociclista a potenciais quedas mais perigosas. 

Por isso, para encarar a moto é preciso ser – pelo menos um pouco – aventureiro.

Também não precisa exagerar e ficar apavorado! Quando falamos em duas rodas, tudo é sobre equilíbrio. 

Existem algumas maneiras de se proteger e minimizar os impactos em possíveis quedas. 

Primeiro, é essencial ser cauteloso e adotar práticas de direção defensiva. 

Não menos importante é utilizar equipamentos adequados de proteção. 

Aliás, você sabe quais são os itens fundamentais para ter uma pilotagem segura e tranquila?

Veja os 5 equipamentos de proteção indispensáveis para motoqueiro!

1 – Capacete

O uso do capacete não é só fundamental: é obrigatório.

Segunda a Resolução do Contran Nº 453 de 2013:

“Art. 1º É obrigatório, para circular na vias públicas, o uso de capacete motociclístico pelo condutor e passageiro de motocicleta, motoneta, ciclomotor, triciclo motorizado e quadriciclo motorizado, devidamente afixado à cabeça pelo conjunto formado pela cinta jugular e engate, por debaixo do maxilar inferior.

Assim, ao andar de moto sem capacete o motorista está cometendo uma infração sujeita à multa. 

Para além disso, é uma negligência muito grande relativa à segurança, porque o capacete é a principal forma de proteger a cabeça de algum trauma em casos de acidente.

Ao mesmo tempo, a viseira protege o rosto e olho tanto de detritos advindos da pista, quanto de insetos. 

Ainda não tem um capacete? No momento da compra lembre-se de verificar se ele está justo em sua cabeça e como funciona seu sistema de ventilação.  

2 – Jaqueta

Algumas peças de roupa específicas são essenciais para andar de moto, como é o caso da jaqueta

Ela também pode ser considerado um equipamento de segurança porque protege a pele em caso de queda, dos raios solares e da chuva. 

Principalmente os modelos de jaquetas impermeáveis são indispensáveis ao guarda-roupa de qualquer motociclista. 

Ninguém merece ficar gripado toda vez que chove, né?

É igualmente igual proteger a pele contra o sol nos dias mais quentes, sendo possível optar por modelos que permitem maior ventilação de ar. 

Aliás, uma dica é optar por capas de chuva, se estiver calor e chovendo.

De qualquer forma, o ideal é que as jaquetas sejam feitas de um material resistente, principalmente no acabamento, cotovelos, ombros e coluna. 

Não se esqueça de optar por uma peça que te mantenha protegido, mas também protegido.

3 – Calça

Assim como os braços, as pernas são áreas muito sensíveis em casos de acidentes. 

Soma-se a isso, a possibilidade de queimá-la na moto.

Por isso, é importante estar vestindo uma calça feita com um material mais resistente ao andar de moto, devidamente reforçada.

4 – Luva

Qual é a primeira coisa que você coloca na frente quando está caindo no chão?

Colocar as mãos para se proteger é uma reação instintiva, sendo essencial proteger essa parte do corpo. 

As luvas também devem ser de um material resistente e reforçado para proteger sua pele de possíveis machucados.

Além disso, podem manter a temperatura corporal em dias frios.

5 – Calçado adequado  

Por último, mas não menos importante, é preciso proteger os pés de possíveis atritos com o solo. 

Afinal, andando de moto você utiliza essa parte do corpo o tempo todo para estacionar ou parar. 

O indicado é que sejam utilizados calçados específicos, como botas.

Isso porque elas cobrem uma área corporal maior, evitando lesões. 

Além disso, as botas podem ser impermeáveis, impedindo que o pé fique molhado.

Está precisando de algum item de proteção?

A Alba é referência em vestuário impermeável para motociclistas, com resistência e qualidade de seus produtos comprovada.

Compre!