Moto parada na garagem? Veja nossas dicas de manutenção

capa para moto antor - moto parada

Vai viajar e deixar a moto parada na garagem, sem uso? Saiba que isso pode ser prejudicial para todos os componentes dela: motor, pneus, embreagem, bateria, tanque de combustível, carburador… Pode-se iniciar um processo de oxidação e deposição, o que pode comprometer e muito a sua motocicleta. Desta forma, você tem duas alternativas: a primeira delas é levar a moto com você! Ah, não tem jeito porque você vai com a família? Bom, então neste caso, somente resta cuidar para que esse período de ausência, seja menos prejudicial para sua moto.

É importante avaliar se sua moto está com a bateria cansada, pois neste caso, uma semana com a moto parada na garagem pode realmente ser muito. Se você usa sua moto regularmente, ao menos três vezes por semana e por períodos não muito curtos (acima de meia hora), então a bateria deverá suportar tranquilamente uma inatividade de 7 a 10 dias. Bom, isso vale para baterias com dois anos de vida, no máximo. Antigamente, as baterias costumavam durar mais, por conta dos materiais usados, e já hoje em dia as baterias livres de manutenção têm vida útil bem menor – máximo dois anos mesmo.

O que mais eu posso fazer para evitar complicações com a minha moto parada?

Caso você vá ficar fora por mais de duas semanas, recomendamos as seguintes providências:

  • A primeira delas é utilizar uma capa para sua moto de boa qualidade e assim você evita que ela fique exposta ao sol ou calor excessivo. Isso aumenta a evaporação do combustível e é bastante prejudicial.
  • Outra boa dica, em caso de moto parada, é deixar o tanque de combustível totalmente cheio, pois quanto menos ar houver no reservatório, menor será a evaporação e sua consequente oxidação. Quando ocorre a oxidação (envelhecimento) e a evaporação de compostos leves, a gasolina torna-se mais densa e tende a formar depósitos de goma no tanque, nas tubulações, nos injetores – o que não é nada bom para sua companheira de duas rodas.
  • Faça opção pela gasolina aditivada ou do tipo premium que contam com aditivos antioxidantes, que retardam o envelhecimento do combustível. A melhor recomendação para uso da gasolina comum é quando o uso será contínuo, pois ela tem tempo de oxidação muito curto e quando envelhece forma a tal goma no fundo do tanque.
  • Ainda sobre a gasolina, caso a sua motocicleta tenha torneira de combustível coloque-a na posição fechada e deixe o motor funcionar até apagar, o que fará com o carburador seque. Em seguida, esvazie a cuba, que é aquele reservatório abaixo do carburador onde sempre há um parafuso e um dreno (esta mangueira serve exatamente para esta finalidade). Pronto! Não esqueça de apertar o parafuso novamente, após o pouco de gasolina restante ter parado de escorrer.
  • Uma outra dica muito importante se refere aos pneus. Deixe sua moto parada estacionada no cavalete central – se houver. Caso sua motocicleta não possua este cavalete, você pode colocar pressão nos pneus acima do que é recomendado no manual. Aumentando 20% ou 25%. A ideia aqui é minimizar eventuais deformações nos pneus durante esse período em que ela estiver parada. De quebra, você deixará sua moto em condições de seguir até o posto mais próximo para calibrar adequadamente seus pneus quando você voltar de viagem.

Você nem viajou e já está com vontade de voltar?

Ah! Sentir o giro do motor como se fosse seu coração. O asfalto forçando os joelhos. Os pneus perdendo aderência quando já estamos no limite do limite…

E quando você voltar da sua viagem, aproveite para dar aquele trato em sua moto! Mas lembre-se:

  • nunca use lave jatos de alta pressão para lavar sua moto, preservando partes importantes como acessórios, elétrica e pintura;
  • também não é necessário nenhum tipo de produto químico, pois para uma boa lavagem, bom shampoo neutro basta;
  • em hipótese alguma use o “pretinho” nos pneus de sua moto. Ele compromete as bandas de rodagem do pneu, deteriorando rapidamente a borracha e ainda ocasionar uma queda.

Boa viagem!! Estaremos por aqui esperando por sua volta!

Posts Relacionados