Motos antigas: vale a pena investir?

motos antigas

As motos antigas podem ser paixão ou opção. Comprar uma moto antiga pode ser uma boa maneira de comprar uma máquina funcionando perfeitamente num valor mais barato. 

Porém, é preciso tomar alguns cuidados para que você não fique no prejuízo. Vale a pena comprar uma moto antiga? Como tudo na vida, depende. Confira nossas dicas!

O que são motos antigas?

Os veículos fabricados há 30 anos ou mais são considerados motos antigas para o mercado. Já tem o seu valor como antiga. 

Segundo colecionadores mais experientes, modelos com um pouco mais de vinte anos têm preços mais baixos (porque ainda não são consideradas antigas) e podem ser uma boa compra. Daqui alguns anos, ela pode ganhar a placa preta para caracterizá-la como clássica.

Motos antigas para uso diário?

Motos antigas são paixões ou hobbies: pouco usadas, porque são mais visadas para roubo ou porque têm manutenção mais cara, freiam pior e “torcem” mais em curvas. 

De modo geral não são veículos de uso diário. São muito desejadas para coleções e passeios aos finais de semana.

Paciência é o segredo

Depois de definir o modelo desejado, é hora de “garimpar” bons exemplares. Há três tipos de motos antigas: a toda original, que rodou pouquíssimo e é bastante valorizada; a reformada que passou por restauração sem critérios, e a moto íntegra, que rodou bastante e que pede por uma restauração criteriosa. Essa última tem baixo valor no mercado.

Se você quiser andar logo na sua nova moto ou não gostar de mecânica, é melhor optar por um exemplar restaurado ou com placa preta.

Fatores a serem verificados ao comprar motos antigas

Antes mesmo de procurar por uma marca de queda em moto usada, é preciso atentar a outros fatores, que devem ser verificados: 

Documentação

Pela internet, é possível fazer uma rápida pesquisa pelo número do Renavam (presente na documentação da moto).

Esse número indica se há alienação, multas ou qualquer outro problema com o veículo.

Mecânica

Não é preciso ter um abrangente conhecimento em mecânica para identificar se um motor está saudável.

Dê a partida com o motor 100% frio e observe se ele aciona facilmente e não apresenta qualquer tipo de barulho metálico.

Painel e sistema elétrico

Assim que a chave é acionada, as luzes do painel devem acender e mostrar que estão todas funcionais, para só depois se apagarem.

Caso uma dessas luzes não acenda, pode ser um sinal de problema no sistema elétrico.

Comandos

Os comandos básicos, como acelerador e embreagem, não devem ser duros demais.

No caso da embreagem, a rigidez pode indicar que sua vida útil está chegando ao fim.

Já um acelerador duro pode significar problema no cabo ou algo ainda mais grave.

Local de compra

É altamente recomendável realizar a compra em uma concessionária autorizada ou em lojas especializadas, para diminuir riscos e dores de cabeça.

Como identificar marca de queda?

Para identificar uma possível marca de queda em moto usada, é preciso observar:

A aparência geral 

Pode parecer uma dica básica, mas, ainda hoje, tem gente que não faz uma boa avaliação da aparência geral da moto.

Não basta olhar o hodômetro: é preciso checar se o veículo está bem cuidado e se as revisões estão em dia.

Pergunte se há um registro de notas de serviços feitos, como trocas de óleo. Além disso, dê uma boa olhada nos pneus e na pintura.

Procure sinais clássicos de queda

Comece verificando o estado das extremidades das alavancas e do guidão.

Geralmente, danos de queda (como ralados e alavancas tortas) são facilmente identificáveis.

Caminhe ao redor da moto e analise os retrovisores, as pedaleiras e as luzes de direção.

Reúna informações de que a moto foi bem-cuidada

É fundamental fazer perguntas, analisar notas de serviços e reunir todo o tipo de informação possível, para saber se a moto foi bem cuidada.

Observe na banda de rolagem dos pneus se os pinos localizados abaixo das pedaleiras dianteiras estão muito gastos.  

É claro que esses pontos não desqualificam uma moto usada, mas há certas informações que podem ser omitidas e você tem todo o direito de saber.

Curtiu as dicas? Não deixe de ler os outros artigos em nosso blog.

 

Conheça os produtos Alba

A Alba Moto é referência em capas de chuva e roupas para motociclistas há mais de 45 anos. Comercializa seus produtos no Brasil e na Europa e é referência entre quem ama andar sobre duas rodas!

Temos capas de chuva, jaquetas, calças, botas, luvas e muito mais!

Navegue pelo site para conhecer nosso catálogo de acessórios.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *