Tome cuidado com a parte elétrica da moto

Confira dicas incríveis no blog da alba para cuidar da parte elétrica de sua moto.

Saber como funcionam os principais componentes da sua moto é a melhor forma de garantir a manutenção preventiva.

O mínimo de conhecimento também ajuda na hora que o motociclista precisa recorrer a algum serviço especializado, sendo capaz de decidir ou argumentar com o mecânico sobre a real necessidade do reparo proposto.

Os problemas na parte elétrica da moto realmente precisam de um bom conhecimento para que sejam bem solucionados. Isso tudo porque o sistema elétrico é responsável por alimentar, por meio da bateria, faróis, lanternas, buzina e setas.

Embora não sejam itens fundamentais para o funcionamento da moto, são itens de segurança previstos em lei, e precisam, obrigatoriamente, estarem em bom estado.

Já o sistema de ignição que também integra os sistema elétrico da moto é imprescindível para o funcionamento do motor.

Entenda mais sobre os componentes do sistema elétrico da moto e seu funcionamento

O sistema elétrico da moto é basicamente composto por duas partes: o conjunto de bateria e o sistema de ignição.

Cada uma destas partes tem peças ou subsistemas. No caso do conjunto de bateria, que é responsável por abastecer energia para toda a moto, temos a bateria em si e também: o gerador de tensão, chicote e regulador de tensão.

E no caso do sistema de ignição, também chamado de faísca, cujo objetivo é justamente gerar uma fagulha para que se inicie a queima de combustível para funcionamento do motor, temos: bobina, vela e cabo de vela, capacitor de descarga da ignição (CDI) e gerador de pulsos.

Estes são os componentes que atendem ao funcionamento das peças originais de fábrica da moto, portanto é muito importante atentar para as substituições de peças como lâmpadas de faróis e lanternas incompatíveis que podem acabar sobrecarregando a vida útil da bateria.

Caso a moto tenha acessórios complementares como sistema de gps, comunicação via bluethoot, etc, também são alimentados pelo mesmo sistema elétrico.

Como evitar problemas com a parte elétrica da moto

Identificando algum problema que pode estar relacionado à parte elétrica da moto, o motociclista levará sua máquina ao mecânico especializado e poderá agora comparar melhor as avaliações de reparo. Mas e como prevenir?

A primeira dica é sempre a manutenção periódica que identifica desgaste de peças e realiza a substituição preventiva baseada no estado e vida útil de capa componente, evitando que o motociclista fique à pé.

Mas alguns cuidados básicos podem ajudar bastante, veja alguns:

Limpeza e lubrificação

Lavar a moto periodicamente é a melhor forma de evitar que sujeiras do asfalto, poeira, areia ou terra se acumulem e danifiquem os componentes mecânicos e a parte elétrica da moto. 

Atente também para a lubrificação. Verifique com frequência o nível de óleo, bem como a lubrificação de todos os componentes da moto

Exposição da parte elétrica da moto

A entrada de água da chuva ou de lavagens inadequadas (evite jatos), poeira e umidade pode acarretar em danos à parte elétrica da moto.

Por isso, caso sua garagem seja descoberta, é importante garantir a proteção da moto com capas de chuva impermeáveis. É preciso garantir que a parte elétrica da moto fique protegida.

Equipamentos para uso no dia a dia

Na alba moto, o cuidado com o motociclista é sempre a prioridade. Se você está precisando de capa para chuva, capa para moto e mais, clique aqui e conheça nossa linha de produtos.

Posts Relacionados